Resenha: Ninguém Pode Saber -Karin Slaughter

NINGUEM_PODE_SABER_1548952606845384SK1548952607B

Ficha Técnica: 

Título:  Ninguém Pode Saber

Autor (a): Karin Slaughter

Editora: HarperCollins Brasil

Gênero: Ficção

Edição: 1º

Páginas: 416

Ano: 2019

Sinopse:

Andrea sabe tudo sobre sua mãe, Laura. Ela sabe que Laura sempre viveu na pequena cidade costeira de Belle Isle; sabe que a mãe nunca desejou nada além de uma vida serena como integrante da comunidade; e sabe que ela jamais guardou um segredo na vida. Afinal, todos conhecemos nossas mães, certo?
Mas tudo muda quando uma ida ao shopping se transforma em um cenário de violência e caos, e Andrea conhece um lado completamente novo de Laura. Parece que sua mãe, antes de ser Laura, era outra pessoa. Durante quase trinta anos ela escondeu sua identidade, vivendo sossegadamente na esperança de que ninguém descobrisse quem era de verdade. Agora, exposta, nunca mais poderá viver como antes.
A polícia quer respostas e a inocência de Laura está em jogo, mas ela se recusa a falar com quem quer que seja, inclusive com a própria filha.

Resenha:

Quando Laura e Andréa (mãe e filha) resolvem ir ao shopping juntas, nunca imaginaram que suas vidas iriam se modificar permanentemente.

Imagine a seguinte cena: Um jovem armado entra em um restaurante e ameaça matar todo mundo, de repente sua mãe, uma senhora pacata, com um emprego estável se transforma em uma máquina de matar, agindo de forma fria e calculada acaba por salvar o dia, mas para isso, comete um bárbaro crime que vai ser veiculado em todos os meios de comunicação.

ninguem_pode_saber

Mas não pense que essa é a trama principal desse livro, pois esse é só o estopim que desencadeara o desenrolar dessa complicada narrativa, cheia de segredos, crimes de estado e cultos terroristas.

O livro é bom, mas em alguns pontos a história deixa um pouco a desejar, com o uso de artifícios fáceis para amarrar várias pontas soltas. Além é claro de perder o ritmo bem no início, o que torna a narrativa monótona.

O ponto positivo é o desenvolvimento da relação mãe e filha, que se tornam mais próximas à medida que a menina vai entendo um pouco mais sobre sua própria história.

Bj!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s