Resenha: Solaris- Stanislaw Lem

SOLARIS_14965222672716SK1496522267B

Ficha Técnica: 

Título: Solaris

Autor (a): Stanislaw Lem

Editora: Aleph

Gênero: ficção Cientifica

Edição: 1º

Páginas: 320

Ano: 2017

Sinopse:

Quando o psicólogo Kris Kelvin chega em Solaris para estudar o oceano vivo – e possivelmente inteligente – que cobre a superfície do planeta, ele encontra colegas de trabalho hostis e amedrontados. Logo Kelvin descobre que esses respeitados cientistas estão sendo perturbados por estranhas aparições, que também começam a afetar sua própria percepção. O que ele vê são suas memórias mais obscuras e reprimidas, materializadas por obra de alguma misteriosa força atuante no planeta. Publicado pela primeira vez em 1961, este clássico da ficção científica, aqui traduzido diretamente do polonês, ganhou três adaptações cinematográficas, sendo que a versão dirigida por Andrei Tarkovsky em 1972, recebeu o Grand Prix no Festival de Cannes.

Resenha:

Uma expedição da terra encontra um novo planeta que gira em torno de dois sóis, e que tem um único organismo vivo, que não é nada menos do que um grande oceano dotado de inteligência e segredos ainda não explorados pelo homem.

Claro que a raça humana iria querer desvendar esses segredos, classificando esse organismo dentro de algum dos moldes que nos são conhecidos/ familiares. Mas nem tudo está ao nosso alcance, tem coisas que são melhores deixar quietas.

51+Q1JzY6zL

Infelizmente alguns humanos não conseguem aprender com os erros de terceiros, por vezes nem com os seus. Nesse caso, algumas descobertas assustadoras foram feitas e posteriormente encobertas do público, negando assim a possibilidade de escolha a um grupo de cientistas que se viu vítima de suas memórias mais assustadoras.

Quantas vezes temos pensamentos e segredos que preferimos deixar encobertos nos recantos mais profundos de nossa mente? E se um ser externo a nós, tivesse o poder de acessar essas memórias, nós fazendo vítimas do mal que criamos?

solaris-stanislaw-lem-aleph-preview-1

A questão é, essa invasão foi proposital? Ela tinha o intuito de aprender, estudar , ou até mesmo nós dá uma nova oportunidade de fazer a escolha certa.

O livro é maravilhoso e cheio de nuances que ficam a cargo da bagagem de cada leitor.

Bjos!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s