Resenha: Belas Maldições -Neil Gaiman

BELAS_MALDICOES_1490742663667332SK1490742663B

Ficha Técnica: 

Título: Belas Maldições

Autor (a): Neil Gaiman/ Terry Pratchett

Editora:  Bertrand Brasil

Gênero: Fantasia

Edição: 1º

Páginas: 350

Ano: 2017

Sinopse:

Um descendente direto de O Guia do Mochileiro das Galáxias escrito por dois dos maiores autores britânicos de fantasia O mundo vai acabar em um sábado. No próximo sábado, e ainda por cima antes do jantar. O que é um grande problema para Crowley, o demônio mais acessível do Inferno, residente na Terra, e sua contraparte e velho amigo Aziraphale, anjo genuíno e dono de livraria em Londres. Depois de quatro mil anos vivendo entre os humanos, eles pegaram um gosto pelo mundo, e o Armagedom lhes parece um evento bastante inconveniente. Então, para evitar o fim do mundo, precisam encontrar a chave de tudo: o jovem Anticristo, agora um menino de 11 anos vivendo tranquilamente em uma cidadezinha inglesa. Em seu caminho, acabarão trombando com uma jovem ocultista, dona do único livro que prevê precisamente os acontecimentos do fim do mundo, caçadores de bruxas ainda na ativa e, quem sabe, até os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Mas eles precisam ser rápidos. Não é só o tempo que está acabando.

Resenha:

sussurro1

Pessoal, vocês estão sabendo que o livro Belas Maldições ganhou uma adaptação? Good Omens é uma série em 6 episódios que está fazendo um grande sucesso atualmente.

Mas vamos falar um pouco do livro no qual essa série se inspirou. Belas Maldições foi escrito pelo maravilhoso Neil Gaiman e por Terry Pratchett, só isso já nos garante que o livro é bem maluco e interessante.

 

Nesse livro temos a história contada sobre o ponto de vista de um demônio (Crowley), super engraçado e sarcástico, que apesar de ser teoricamente mal, mantem muito de sua natureza angelical perdida na queda. E pelo anjo Aziraphale, que é ingênuo, amante de livros, de uma boa comida e de um bom papo com seu único e grande amigo Crowley.

Good-Omens-série-amazon

 

Esses dois seres vivem na terra desde a sua fundação, já tendo passado por diversos momentos históricos de grande relevância, sendo responsáveis por grande parte deles. E agora, ambos resolvem se unir para tentar impedir o armagedom, só que para isso eles precisam encontrar o anticristo, que por acaso é um garotinho de 11 anos.

Eu me encantei pelo ponto de vista do Crowley, como ele apresenta as coisas de uma forma sensata e direta, fazendo com que Aziraphale reflita sobre alguns acontecimentos, testando assim sua fé, que teoricamente se baseia em obediência cega.

25250687

Mas claro que tudo faz parte do grande e inegável plano de Deus, e que eles por mais divinos que sejam, não tem como ter nem um mínimo do conhecimento necessário para entende-lo.

O livro é excelente e muito engraçado, ele trata principalmente de amizade entre pessoas de personalidades diferentes, de companheirismo, de estar presente quando o outro precisa, dando a mão e se ajudando mutualmente.

Bjos

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s