Resenha: Livre Para Voar- Ziauddin Yousafzai

LIVRE_PARA_VOAR_1548686917849830SK1548686918B

Ficha Técnica: 

Título: Livre Para Voar

Autor (a): Ziauddin Yousafzai

Editora:  Companhia Das Letras

Gênero: Literatura Estrangeira/ Biografia

Edição: 1º

Páginas: 168

Ano: 2019

Sinopse:

“Neste relato comovente sobre amor, paternidade e luta por direitos, Ziauddin Yousafzai, o pai da Malala, rememora sua história e sua longa batalha para que meninos e meninas tenham as mesmas oportunidades. Um livro para todos aqueles que desejam criar seus filhos num mundo mais justo e igualitário. Ziauddin Yousafzai tem motivos de sobra para ser um pai orgulhoso: Malala sobreviveu a um atentado do Talibã, ingressou na prestigiosa Universidade de Oxford e se tornou a mais jovem vencedora do prêmio Nobel da paz e uma das principais vozes da luta pelos direitos das mulheres. O que ele fez para criar uma menina tão extraordinária? A resposta é mais trivial do que se imagina: educou-a com amor, incentivo e gentileza — e sobretudo com a convicção de que sua filha era digna das mesmas oportunidades que os meninos recebem. Livre para voar é o relato inspirador de um menino gago que cresceu em uma pequena vila no Paquistão e se tornou um dos grandes ativistas pela igualdade de gênero. Exemplo para os pais que querem que seus filhos façam a diferença, Ziauddin mostra como o respeito e a educação são capazes de criar um mundo melhor para todas as crianças.”

Resenha:

Ziauddin Yousafzai, hoje é mundialmente conhecido como o pai de Malala, a menina que sobreviveu ao ataque terrorista a sua vida, praticado pelo Talibã, numa covarde tentativa de calar a voz de uma criança que lutava em prol da educação feminina em seu país de origem.

Essa curta biografia, nos apresenta a um homem cativante, que cresceu em uma remota vila no Paquistão, um país patriarcal que ainda vê as mulheres como seres não dignos de vários direitos básico, sendo alguns deles a liberdade de escolha, a identidade (ser conhecida pelo próprio nome) e a educação.

Foto-capa-do-livro-Livre-para-voar

Foi importante analisar a vida desse homem desde a infância, para perceber como o seu ativismo em favor da educação e da igualdade de meninos e meninas e impactante em tal sociedade, se levarmos em conta que ele teria que abdicar de vários privilégios que o sistema patriarcal lhe garantia, para que assim pudesse dar o mínimo de direitos a sua filha e a sua esposa.

O livro traz vários momentos emocionantes, um deles e quando o diretor da Universidade de Oxford serve um chá a Malala, um gesto tão simples, mas que quando explicado sobre uma ótica diferente da que estamos acostumados, tornou-se um símbolo de empoderamento feminino.

ziauddin-malala-yousafzai-760x450_c

Também gostei de ler sobre os dramas familiares, que surgiram quando a família foi morar na Inglaterra. Esse homem que em seu país era tão à frente de seu tempo, teve que reavaliar sua base de costumes e educação, e assim perceber que teria que mudar a forma que lidava com os filhos, para que não viesse a perder o respeito que esses lhe dedicavam.

O livro é excelente e eu recomendo a leitura para quem deseja conhecer um pouco mais sobre a cultura e costumes do Paquistão.

Um grande beijo!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s