Resenha: A Imperatriz de Ferro- Jung Chang

A_IMPERATRIZ_DE_FERRO__1409168729B

Ficha Técnica: 

Título:  A Imperatriz de Ferro

Autor (a): Jung Chang

Editora:  Companhia das Letras


Gênero: Literatura Estrangeira/ Biografia

Edição: 1º

Páginas: 520

Ano: 2014

Sinopse:

Não há dúvida de que a imperatriz viúva Cixi (1835-1908) é a mulher mais importante da história chinesa. Tendo governado o país por décadas, ela hoje é considerada a principal responsável por ter conduzido o império medieval à era moderna. Aos dezesseis anos, numa seleção nacional para acompanhantes reais, Cixi foi escolhida para ser uma das concubinas do imperador. Quando ele morre, em 1861, é o filho de cinco anos de ambos que assume o trono. Mas a imperatriz organiza um golpe contra os regentes indicados pelo marido e passa a ser a verdadeira líder da China. A biógrafa Jung Chang descreve com toda vivacidade a luta de Cixi contra os enormes obstáculos que precisaram ser derrubados para mudar o império chinês. Ela foi a responsável por implantar os atributos de um Estado moderno, como a indústria, ferrovias, eletricidade e novos armamentos, e mesmo por avanços como a abolição de torturas milenares e o reconhecimento dos direitos das mulheres. A autora desmonta, portanto, a visão tradicional de que a imperatriz viúva não passava de uma déspota sanguinária e conservadora. Baseada em documentos fundamentais que só ficaram disponíveis recentemente, esta biografia veio para o entendimento sobre um período crucial da história da China e do mundo. Narrado num ritmo rápido, é tanto um panorama do nascimento de uma nação moderna como o retrato íntimo de uma grande mulher.

Resenha:

A Imperatriz de Ferro é uma biografia para quem deseja conhecer um pouco mais sobre a história da China.

Jung Chang baseou o seu livro em relatos históricos, cartas, documento e arquivos que foram mantidos privados até bem pouco tempo.

yuu3

Cixi nasceu em 1835, mas apenas em  1852  ela passa a ter um papel relevante para a história da China, nesse período ela se torna uma das concubinas do imperador, o que mais tarde lhe possibilitou atingir o poder através da ajuda da imperatriz com quem manteve uma amizade sólida durante toda a vida.

Infelizmente era proibido a Cixi exercer o poder por conta própria, uma vez que esse só podia ser desfrutado naquela época por homens, restando as mulheres um papel secundário e muitas vezes oculto.

Mas essa mulher extraordinária teve tanta importância, que os políticos e historiadores não tiveram com ignora-la, apesar de que por séculos sua  imagem foi distorcida e denegrida, tendo inclusive seus feitos atribuídos a homens menos capazes, dentre eles seus dois filhos.

Cixi modernizou a China, implantou inovações tecnológicas como a indústria, ferrovias, eletricidade e novos armamentos, além de ampliar o seu exercito, criar estratégias militares que foram bem sucedidas nas guerras em que ela teve que se colocar a frente da defesa de seu império.

É difícil ver livros que dão créditos aos avanços realizados por mulheres na antiguidade, até porque esses sempre foram encobertos pela sociedade, restando pouco registro histórico confiável que não tenha sido alterado para diminuir ou anular a participação feminina.

O livro ainda aborda a conturbada história da China com os países do ocidente, e como esses sempre procuraram intervir na politica interna daquele império, não respeitando a sua autonomia e sempre visando atingir o máximo de lucro, mesmo que para isso a situação da população local se tornasse insustentável.

Esse é o tipo de livro que todos devem ter em casa, e que precisa ser lido com atenção.

Bjos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s