Resenha: Infiltrado na Klan- Ron Stallworth

INFILTRADO_NA_KLAN_1537812588812779SK1537812589B

Ficha Técnica: 

Título:  Infiltrado na Klan

Autor (a): Ron Stallworth,

Editora:  Seoman


Gênero: Literatura Estrangeira/ Biografia

Edição: 1º

Páginas: 216

Ano: 2018

Sinopse:

Quando Ron Stallworth, o primeiro detetive negro da história do Departamento de Polícia de Colorado Springs, depara-se com um anúncio no jornal local convocando pessoas a se juntarem à Ku Klux Klan, ele decide responder fingindo ser um homem branco, com discurso racista falso. Esse foi o início de uma das investigações secretas mais audaciosas e incríveis da história dos Estados Unidos. Durante os meses em que investigou a KKK, juntamente um colega policial branco que se passava por ele nas reuniões da Klan, Stallworth sabotou vários rituais da famosa queima de cruzes da Klan, frustrou planos de detonar bombas em bares e boates gays ou frequentados por negros, além de revelar a presença de supremacistas brancos nas Forças Armadas e no Comando de Defesa Aeroespacial Americano, chegando até a enganar o próprio David Duke, o Grande Mago da KKK. Infiltrado na Klan é uma história verídica inacreditável, nos moldes de um thriller policial, e um retrato vívido do racismo, das ações terroristas da KKK e dos extraordinários heróis que ousaram enfrentá-la.

Resenha:

Infiltrado na Klan é o mais novo lançamento da editora @seoman. Esse livro deu origem ao filme dirigido por Spike Lee, de mesmo nome.

Ron Stallworth, autor é também protagonista dessa história, nos narra os seus primeiros anos como policial no Colorado. Esse homem foi um desbravador, uma vez que não existia nenhum outro policial negro na unidade naquele período. Ele também foi nomeado o mais jovem investigador infiltrado de seu departamento.

Black-Klansman-Poste-1-e1526583532239-750x380

Mas além de um livro de conquistas pessoais e porque não dizer política e social, essa obra é também uma prova de que com inteligência e o apoio certo, somos capazes de enfrentar o mal de frente, eliminando os intentos mesquinhos praticados por homens preconceituosos.

Devo confessar que se não tivesse conhecimento que essa é uma obra autobiografia, seria difícil não categoriza-lá com de ficção.

BlacKkKlansman

Imagine pois a seguinte situação: Um jovem homem negro, após ler um anuncio no jornal, decide se filiar a Ku Klux Klan, uma das maiores organizações racistas que já existiram no mundo, responsável por atos inomináveis de perseguição, tortura, aprisionamento ilegal, assassinatos e negação de direitos civis básicos a população negra.

Agora imagine que ele não só conseguiu ser bem sucedido, como também foi responsável por frustrar muito dos planos da KKK nos Estados Unidos. Só por esse motivo já vale a pena realizar essa leitura não é mesmo?

Para quem tem interesse na obra, recomendo que opte pela leitura, pois apesar do filme ser interessante, esse suprimiu muitos detalhes importantes a respeito do ponto de vista do autor, o que acabou por tornar o filme bastante estereotipado, onde todos os negros foram postos no papel de militantes, enquanto os bancos integrantes da Klan foram classificados como homens com pouca inteligência e muitas vezes alcoólatras.

Recomendo a leitura!

Bjos

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s