Resenha: A Beleza é uma Ferida- Eka Kurniawan

A_BELEZA__UMA_FERIDA_1487017664654856SK1487017664B

Ficha Técnica: 

Título:  A Beleza é uma Ferida

Autor (a): Eka Kurniawan

Editora:  José Olympio

Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance

Edição: 1º

Páginas: 462

Ano: 2017

Sinopse:

Um romance inconfundível de Kurniawan, combinando folclore, sátira e a formação da Indonésia. A vida da prostituta mais procurada da fictícia Halimunda, Dewi Ayu, e das quatro filhas é marcada por estupros, incestos, assassinatos e fantasmas – muitas vezes vingativos. Astuta, destemida e engenhosa, Dewi levanta-se do túmulo após 21 anos para contar a própria história e desvendar alguns mistérios. Mas talvez a principal razão para o forte desejo de voltar à vida seja visitar sua quarta filha, a quem ela deu à luz antes de morrer. Seu nome é Beleza, mas foi abençoada com a feiura que Dewi tanto desejou para afastar a família da maldição da beleza. Ao contar essa história, Eka Kurniawan, o aclamado escritor indonésio, faz uma crítica mordaz ao passado conturbado da sua jovem nação: a ganância do colonialismo; a luta caótica para a independência; a ocupação japonesa; o assassinato de um milhão de “comunistas” em 1965, seguido por três décadas de governo despótico de Suharto. Combinando folclore, sátira e a formação da Indonésia, a voz inconfundível de Kurniawan – inspirada em Melville e Gogol – traz originalidade e relevância para a literatura contemporânea e oferece aos leitores o prazer na linguagem exuberante usada para descrever uma carnificina; defendendo simultaneamente a força necessária para sobreviver.

Resenha:

Romance escrito pelo aclamado autor indonésio Eka Kurniawan, nos narra a vida de Dewi Ayu e suas quatro filhas.

Dewi Ayu, é uma mulher belíssima, que foi feita prisioneira e acabou se tornando uma das prostitutas mais requisitadas de sua região. Apesar de ser muito bem tratada por quase todos os que a cercam, sua vida é composta de uma série de tragédias, que são perpetuadas em várias gerações de sua família.

Kurniawan, usou a história envolvente de Dewi Aye, como pano de fundo para real história, que é a de invasão do seu país, o sofrimento de seu povo, fome, estupros, campos de prisioneiros, colonialismo forçado por parte dos japoneses e a morte de milhares de comunistas locais.

Esse é um livro denso, bem escrito e envolvente, que deve ao meu ver, ser lido e apreciado por todos que tiverem a oportunidade de entrar em contato com a obra.

Mas falando um pouco mais sobre Dewi Aye, ela é uma mulher inteligente, que ao invés de se fazer de vitima, acabou por tomar o rumo de sua vida nas mão, usando a sua vulnerabilidade como arma de sedução e encanto.

Suas filhas também são mulheres interessantes e cada uma aprendeu a lidar com os infortúnios que surgiam, da melhor forma possível para a época em que estavam.

Essa família incomum, nos ensina que assim como a água que corre para o rio, a mulher inteligente traça o seu caminho contornando os obstáculos e os derrubando no processo, sem que esse percebam a sua força.

Bjos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s