Resenha: Legend- Marie Lu

LEGEND_1416969502259172SK1416969502B

Ficha Técnica: 

Título:  Legend

Autor (a): Marie Lu

Editora:  Rocco


Gênero: Literatura Estrangeira/ Distopia

Edição: 1º

Páginas: 256

Ano: 2014

Sinopse:

O que antes for a o Oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação perpetuamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos distritos mais ricos da República, a adolescente de quinze anos June, é um prodígio prometida ao sucesso no mais alto círculo militar do país. Nascido nas favelas, o adolescente Day é o criminoso mais desejado do país. Mas sua motivação pode não ser tão maliciosa quanto parece. De mundos muito diferentes, June e Day jamais cruzariam o caminho do outro, até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Presos em um jogo de gato e rato, Day está correndo para salvar a vida de sua família, enquanto June deseja vingar a morte de Matias. Mas em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu, e até onde seu país está disposto a ir para guardar seus segredos.

Resenha:

Esse é o primeiro livro da trilogia Legend.

A história se passa em 2130, na República da América, o que corresponderia a antiga Los Angeles. Temos um governo ditatorial, que divide a população entre membros da elite e os trabalhadores da favela, além de fazer uma abordagem com base em conflitos internos por parte da população insatisfeita com o governo, também temos uma guerra externa com os membros das colônias.

O livro inicialmente nos apresenta os personagens principais ( June e Day), fazendo uma breve recorte de suas vidas, para logo em seguida nos chocar com o assassinato de Metias ( irmão de June). A partir desse evento trágico a história se desenrola.

June é uma garota esperta que atingiu a pontuação máxima em um teste que define a profissão e o local que a pessoa vai ter na sociedade. Já Day foi reprovado no teste e supostamente seria enviado para as colônias, mas algo deu muito errado.

Day se tornou um famoso criminoso, que confunde até mesmo os maiores especialistas, o que é um pouco inviável, já que ele não tinha recursos para se instruir e nem equipar, morando em uma favela, dormindo nas ruas e muitas vezes precisando roubar comida para sobreviver.

Outro ponto que me incomodou foi a facilidade em que June o encontrou quando se viu motivada a isso, o que prova que o garoto não era tão esperto assim, ou o circulo militar do país inteiro era ineficiente.

Tirando esses pontos, a distopia é envolvente, tornando esse um bom livro para quem deseja um pouco de distração. Mas se você é o tipo de leitor que se incomoda com furos na narrativa então a leitura dessa obra vai ser um pouco frustrante.

Bjos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s