Resenha: Flores Partidas – Karin Slaughter

FLORES_PARTIDAS_1460318603577391SK1460318603B

Ficha Técnica: 

Título:  Flores Partidas

Autor (a): Karin Slaughter

Editora:  HarperCollins Brasil

Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance Policial

Edição: 1º

Páginas: 464

Ano: 2016

Sinopse:

Irmãs. Estranhas. Sobreviventes.
Quando Lydia contou para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, Claire não acreditou. Dezoito anos depois, porém, tudo o que Claire achava saber sobre o marido se provou uma mentira. Quando vídeos escondidos no computador de Paul mostram uma face terrível do homem que ela julgava conhecer, Lydia percebe que o drama de sua família tem muitas camadas que precisarão ser descobertas antes que a assustadora verdade por fim venha à tona.
Mais de vinte anos atrás, a família Delgado sofreu um grande trauma: a caçula, Julia, desapareceu sem deixar rastros. Depois desse golpe, a família se deteriorou de tal forma que as irmãs mais velhas, Claire e Lydia, pararam de se falar, e suas vidas seguiram caminhos muito diferentes. Claire tem uma vida glamorosa, casada com um milionário de Atlanta. Lydia é mãe solteira, namora um ex-presidiário e luta para se reerguer de um passado de drogas e sem direção. A ferida destruidora, no entanto, continua aberta e volta a sangrar quando o marido de Claire é assassinado.
O desaparecimento de uma adolescente e a morte de um homem de meia-idade, com quase um quarto de século de separação… Qual seria a conexão? As irmãs se unem em uma trégua relutante para, vasculhando o passado, buscar respostas. Mas essa jornada vai trazer à tona segredos que destruíram a família décadas antes, junto com uma chance inesperada de redenção… e vingança.
Poderoso, tocante e muito tenso, com personagens inesquecíveis e reviravoltas surpreendentes, Flores Partidas é um thriller sem igual, escrito por uma das melhores e mais bem-sucedidas autoras de suspense da atualidade. Além da imprevisível história de Claire e Lydia, você também pode descobrir mais detalhes da história de Julia, a irmã desaparecida, em A Garota dos Olhos Azuis, disponível gratuitamente em e-book.

Resenha:

Esse é o tipo de livro que ou você ama ou odeia, ele é muito forte, com cenas explicitas, bem descritivas, que fazem com que o leitor consiga visualizar cada ato terrível que foi ali retratado.

Talvez o intuito da autora seja realmente esse, fazer com que o leitor consiga perceber que além do nosso mundo de normalidade e problemas diários, existe outro ao qual graças a Deus não temos acesso, em que os monstros existem, não aqueles de contos de fadas, mas os verdadeiros de carne e ossos, que são capazes de cometer os mais terríveis atos de violência.

Claire e Lydia, são duas irmas que não se falam a vários anos, elas acabam reatando o contato quando o marido de Claire e brutalmente assassinado. Desse novo contato vão surgir algumas revelações e descobertas que são capazes de destruir as mentes mais fracas, mas que no caso das irmãs, só vão reafirmar os laços que as unem.

A quase 20 anos, a irmã mais velha das meninas foi sequestrada, seu corpo nunca foi resgatado, o que fez com que o patriarca da família nunca viesse a desistir de encontrar a filha com vida. Ele sacrificou o emprego, a família que restava, sua saúde e até mesmo a sanidade para se ater a esse fio de esperança.

Ele acabou por descobrir algo terrível que o levou a óbito, mas muitos anos vão se passar até que as filhas descubram o mesmo.

Todos os elementos para desvendar esse maravilhoso thriler, estavam disponíveis ao longo da narrativa, mesmo assim é impossível não se surpreender com o final concebido pela autora.

Confesso que achei um pouco corrido e fácil demais p que ocorreu com alguns personagens, como se eles não tivessem realmente pagado pelos seus crimes. Mas nada é perfeito.

Dos livros que li da autora, esse é um dos melhores. Recomendo a leitura!

Bjos!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s