Resenha: Meu Pai Fala Cada Merda- Justin Halpern

MEU_PAI_FALA_CADA_MIRDA_1289654582B

Ficha Técnica: 

Título: Meu Pai Fala Cada Merda

Autor (a): Justin Halpern

Editora: Sextante

Gênero: Humor/ Comédia

Edição: 1º

Páginas: 144

Ano: 2010

Sinopse:

Aos 28 anos, depois de ser dispensado pela namorada, Justin Halpern volta a morar com o pai, Sam Halpern, de 73 anos. Na infância, Justin morria de medo dele, tão mal-humorado, direto e desbocado que beirava a grossura. Agora, já adulto, ele passa a admirar a mistura de franqueza e insanidade que caracteriza os comentários e a personalidade do pai, que considera ‘sábio como Sócrates e até mesmo profético’. Disposto a registrar a sabedoria contida nas tiradas de Sam, Justin cria uma página no Twitter para reunir suas frases malucas e observações ridículas. A obra traça um retrato da relação pai e filho e aborda temas da vida – medo, amigos, estudo, namoro, esporte, família.

Resenha:

Justin Halpern, sofreu uma reviravolta amorosa, o que o levou de volta a casa paterna. Sem namorada, sem casa, com um emprego no qual se sente pouco valorizado, ele decide escrever em seu twitter todos os dias, mas o detalhe importante é que ele escreve frases ditas por seu pai.

 Esse pai é um homem inicialmente considerado desbocado, ele é tão sincero em seus posicionamentos que chega a ser ofensivo para as pessoas que estão acostumadas a pronunciar pequenas mentiras diárias, no intuito de manter uma boa relação de convivência com os demais.

Este livro é o resultado do sucesso que os twitters de Justin tiveram. O que surpreendeu a ele, é a toda a sua família. Seu pai nunca imaginou que tantas pessoas tivessem interessadas em escutar tudo o que ele tinha a dizer, nem que editoras fossem realmente publicar o livro do filho.

O livro é engraçado, mas ao mesmo tempo profundo. O pai de Justin é um homem duro, que muitas vezes causou desconforto e medo em seus filhos, mas ao mesmo tempo ele é sensível e amoroso, apoiando sua família em todos os momentos.

A história tem um lapso temporal que vai da infância de Justin, até o momento em que ele começa a fazer sucesso. Aos poucos vamos conhecendo a sua família e debatendo alguns temas interessante, como entrada na puberdade, ética profissional, sexo, uso ou não de pornografia, relacionamentos amorosos, primeiro emprego, faculdade , etc.

“Veja bem, você fala demais e não é a visão mais bonita do mundo, mas eu te amo e quero que as pessoas saibam que, quando é necessário, faço pela minha família o que não faria por mais ninguém.”

Amei a leitura, é indico a todos que querem mergulhar em uma boa história de amor entre pai e filho.

Bjos!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s