Resenha: A Sutil Arte de Ligar o F*da-se -Mark Manson

b0a2bcac4eaaa4d57e7e747600d91b84B.jpg

Ficha Técnica: 

Título: A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Autoras: Mark Manson

Editora: Intrínseca

Gênero: Literatura Estrangeira / Não-Ficção

Edição: 1º

Páginas: 224

Ano: 2017

Sinopse:

Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço.
Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva – sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se.
Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão.
Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.

Resenha:

Esse é um livro de auto-ajuda diferente de todos os outros que já li. Para começar o autor não acredita na força do pensamento positivo, onde você mentaliza o que deseja e isso o ajuda a conseguir.

Eu devo confessar que comprei o livro pelo titulo, mas ele acabou me surpreendendo. O ligar o foda-se aqui sugerido não é o simples ato de não se importar, mas sim o ato de independente do que lhe aconteça na vida, você tem que se tornar responsável pelas consequências.

O autor deixa claro que não importa quem você é, ou o quanto dinheiro você tenha, coisas ruins vão acontecer com você. É quando isso ocorrer, temos que ser capazes de não nos colocar na condição de vítimas das circunstâncias, em um lupe de auto-piedade.

O livro aborda temas como termino de relacionamento, morte, fracasso profissional, auto-descoberta, família, casamento…

Mark traz alguns conceitos batidos, como o levante-se e faça, mesmo que não saiba como começar, não se limite a ficar sentado esperando. Mas ele fala de uma forma engraçada, o que torna o livro mais dinâmico.

Manson, expõe acontecimentos de sua vida, fazendo uma analise de como reagiu aos mesmo e como, com o passar do tempo  sua percepção mudou.

Eu não costumo gostar de livros de auto-ajuda, mas esse foi uma agradável surpresa.

Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s