Resenha: Diário de uma Escrava-Rô Mierling

129907797_1GG

Ficha Técnica: 

Título: Diário de uma Escrava

Autor: Rô Mierling

Editora: Darkside

Gênero: Policial

ISBN: 9788594540195

Edição: 1º

Páginas: 224

Ano: 2016

Sinopse:

No Brasil, todo ano, 250 mil pessoas desaparecem sem deixar vestígios. Desse total, 40 mil são menores de idade, dos quais um terço são meninas destinadas a fins sexuais. Muitas escapam ou são encontradas, contando histórias terríveis; outras nunca mais são vistas com vida. Laura foi raptada e jogada no fundo de um buraco por um completo desconhecido.
Ela vê sua vida mudar, e passa a descrever com detalhes íntimos cada dia, cada ato, cada dor que o sequestro e o aprisionamento lhe fazem passar. Estevão é um homem casado e trabalhador, mas que guarda em seu íntimo uma personalidade psicopata. Ele percorre ruas e cidades se apossando da vida de meninas ainda muito jovens. Mergulhando fundo nessa fantasia, ele destrói vidas, famílias e sonhos, deixando atrás de si um rastro de dor e morte. Narrado em forma de diário, o livro acompanha os momentos mais cruciais da vida de Laura, período em que algo dentro dela também se modifica de uma forma inimaginável em busca da sobrevivência.
Publicado originalmente na plataforma digital Wattpad, onde já teve mais de um milhão e meio de leituras, Diário de uma Escrava apresenta um retrato duro, cruel, abominável, mas infelizmente mais comum do que se imagina, no Brasil e em todo o mundo. A obra de Rô Mierling é, acima de tudo, um alerta para todas as mulheres. Através dele, a autora denuncia os diversos tipos de violência que muitas mulheres são obrigadas a suportar em silêncio e nas sombras da sociedade.

Resenha:

História ficcional, baseada em alguns relatos reais que aconteceram pelo mundo.

A autora conseguiu transmitir todo o drama e dor que uma garota sequestrada e estuprada por anos, pode ter vindo a passar. É claro que nós nunca vamos poder imaginar a dimensão das consequência de que anos de tortura física e psicológica podem causar em uma pessoa.

Há no entanto estudos, que observam o que determinadas privações causam. E como é quase um padrão, em casos como esse, que as meninas sejam submetidas a falta extrema de comida, água, luz do sol e higiene básica. O corpo acaba por reagir de uma determinada forma.

Aqui temos Laura, menina linda, de 15 anos, com uma família feliz, um namorado amoroso, que se vê vitima de um maníaco, que busca atingir o seu prazer, com o sequestro de anjos ( segundo o próprio sequestrador, são menininhas virgens, intocadas), e posterior estupro, seguido de agressões físicas extremas.

Por toda a eternidade, estaremos balançando lanternas na escuridão, chamando seu nome, nunca cansaremos de te procurar. Se conseguir escapar, volte para casa. Mas, se não conseguir, permaneça viva, estamos indo buscar você.

O Que mais me chamou a atenção, foi como as famílias das vítimas são destruídas, a medida que os anos passam, sem noticia, sem um corpo para enterrar. A incerteza do que aconteceu os impede de seguir em frente, fazendo com que esse lar vitimado, acabe por ser desfeito.

Quando você pensa que não tem mais lágrimas e não consegue mais chorar, vem a vida e te inunda com dores incrivelmente insuportáveis que fazem brotar do fundo de sua alma lágrimas remanescentes.

Também foi abordado o medo da fuga, de não ter mais ninguém esperando, de não saber  o que esperar. Isso é concretizado com a lavagem cerebral do sequestrador, que inicialmente diz que vai matar seus parentes se elas tentarem fugir, depois passam a contar mentiras, tipo: – Ninguém se lembra mais de você. – Você não tem mais lugar  no mundo, não se encaixa mais naquela vida…

E essas garotinhas estão tão fracas, tão destroçadas, que passam a acreditar no que está sendo dito.

photo5077839482606168005

A autora ainda abordou o tema da síndrome de estocolmo, que faz com que essas vítimas passem a ver o seu sequestrador, como uma espécie de protetor, de amigo, que está ali para protege-las do mundo.

Me senti muito triste com a leitura, mas ao mesmo tempo o alerta ficou gritando em mim, a necessidade de alertar as amigas, de passar essas informações adiante.

Esse livro é incrível, bem escrito, cheio de informações importantes, e o final é surpreendente, eu nunca imaginei que ele pudesse acabar assim, claro que causou incomodo, mas esse foi bom, pois me fez rever determinados conceitos.

Bjos!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s