Resenha: Lendo Lolita no Teerã- Azar Nafisi

 

15149601_1GG

Ficha Técnica: 

Título: Lendo Lolita no Teerã

Autor: Azar Nafisi

Editora: Girafa

Gênero: Biografias

ISBN: 8589876527

Edição: 1º

Páginas: 504

Ano: 2004

Sinopse:

Esta é a história do sonho de Azar Nafisi e do pesadelo que o fez se tornar realidade. Durante dois anos, antes de deixar o Irã, em 1997, Nafisi reuniu sete jovens mulheres em sua casa, todas as manhãs de quinta-feira, para ler e discutir obras proibidas da literatura ocidental. Todas eram suas antigas alunas da universidade. No início, todas se sentiam tímidas e desconfortáveis, desacostumadas com o fato de expressarem seus pontos-de-vista, mas com o passar dos dias começaram a se abrir e a falar mais naturalmente, não apenas sobre os romances que liam, mas também sobre suas vidas pessoais, seus sonhos e seus desapontamentos. Suas histórias pessoais coincidiam com aquelas que liam – Crime e castigo, Madame Bovary e Lolita – a Lolita delas, do modo como a imaginavam em Teerã. A narrativa de Nafisi remonta aos primeiros dias da revolução, quando ela começou a lecionar na Universidade de Teerã, em meio a um turbilhão de protestos e manifestações. Naqueles dias frenéticos, os estudantes tomaram o controle da universidade, expulsaram membros do corpo docente e revogaram o currículo dos cursos. Em um dos episódios, quando um radical islâmico na classe de Nafisi a questionou sua decisão de ensinar O grande Gatsby, considerada por ele uma obra imoral e que pregava falsidades do ‘Grande Satã’, a professora decidiu, em uma atitude inesperada, organizar o julgamento de Gatsby. Na encenação, seu aluno seria o promotor e ela a única testemunha. Esta história é um retrato fascinante do Irã na época mais acirrada do sangrento conflito com o vizinho Iraque. A partir do sutil olhar feminino, aprendemos como era a vida e a luta das mulheres no Irã revolucionário.

Resenha:

Este livro narra a história real da autora e de seus alunos, durante um período de 11 anos, no qual vários acontecimentos alteraram a história de seu país, acabando por refletir na vida de cada cidadão.

A autora, recém formada nos Estados Unidos, casa-se e decide retornar ao Teerã, onde vem a lecionar no departamento de literatura da universidade local. Local esse , onde veio a conhecer muitos dos personagens desse livro.

O país estava em um período conturbado. Várias revoluções estavam em andamento, direitos civis básicos eram restringidos, denuncias, perseguições, tortura, prisão e sentença de morte se tornara algo comum.

Diante dessa agitação social, forma-se um grupo de mulheres que decidem se encontrar em segredo, uma vez na semana, para discutir livros proibidos pelo regime governamental em vigor.

A partir dessas reuniões, essas mulheres, até então sem direitos, passam a trocar experiências vivenciadas por elas e por seus conhecidos, vindo a se tornar cada vez mais unidas. Passando assim a ter um motivo para ter esperança.

Um ponto interessante, é o papel da tradição, que tem um peso surpreendente na história desse povo. A forma como eles vêem o escritor, como um guardião da moralidade, cujas palavras podem influenciar o leitor a aceitar e seguir o “bem ou o mal”.

Há também a revelação que é feita em relação ao ódio direcionado aos Estados Unidos, por esse interferir tanto nos assuntos internos daquele país, além e claro das restrições econômicas.

Mas além disso, se trata de um assunto cultural, e da tentativa de defender a tradição, leis, cultura do país, das influências externas que entra em choque com os ensinamentos do alcorão.

Esse é o tipo de leitura que nos engrandece enquanto pessoa, nos fazendo ver que existem diversos pontos de vista além do nosso. Por esse motivo eu amei a leitura.

Bjos!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s