Resenha: A Garota Do Calendário (Setembro)-Audrey Carlan

128720912_1gg

Ficha Técnica: 

Título: A Garota Do Calendário (Setembro)

Autor: Audrey Carlan

Editora: Verus

Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance

ISBN: 9788576865308

Edição: 1º

Páginas: 144

Ano: 2015

Sinopse:

O que você faria para salvar a vida de seu pai? A vida é feita de escolhas. Mia Saunders fez a dela. O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo.

Em setembro, Mia será obrigada a dar o cano no cliente do mês, pois um problema urgente de família exige sua atenção. Ela vai voltar para Las Vegas e ficar cara a cara com o passado, num reencontro que pode reabrir feridas antigas.

Resenha:

Setembro é um mês intenso para Mia, ela tem que lidar com todas as informações que obteve no mês anterior e com alguns novos eventos dramáticos que lhe são impostos.

Mia, passa a contar com o apoio de seu irmão Max, que se mostra digno e carinhoso. Esse homem incrível, está ao lado da moça em todos os momentos que ela precisa, a protegendo como um leão.

Por outro lado, o pai da garota está em estado crítico, podendo vir a falecer a qualquer momento, devido a uma reação alérgica ao medicamento que lhe foi aplicado.

Wes, está desaparecido, parece que ninguém notou a estranheza de seu silencio, apenas Mia se encontra inquieta com essa situação. Ainda bem, que o sentimento que ela sente pelo sufista a alertou do perigo.

Gin também se torna mais uma vítima de todo o drama que envolve a sua amiga. Ela acabou pagando o pato, pela teimosia e imprudência de Mia, que age muitas vezes sem pensar.

O lado sexual abordado nesse livro, foi de longe mais desnecessário do que nos anteriores. Diante de todo o drama que Mia e seus familiares vinham sofrendo, era praticamente impossível que uma pessoa norma pensasse em sexo, mas aqui está a moça que é apresentada como um ser tão inseguro, ao ponto que o sexo é o único campo em que ela se sente confortável.

Porém, esse foi de longe o melhor livro da série. Ver o amor agindo, se manifestando em forma de companheirismo e proteção, acabou por me emocionar.

Bjos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s