Resenha: A Garota Do Calendário (Agosto)-Audrey Carlan

download

Ficha Técnica: 

Título: A Garota Do Calendário (Agosto)

Autor: Audrey Carlan

Editora: Verus

Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance

ISBN: 9788576865292

Edição: 1º

Páginas: 160

Ano: 2015

Sinopse:

O que você faria para salvar a vida de seu pai? A vida é feita de escolhas. Mia Saunders fez a dela. O sexto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidasMia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser… Agosto virá com uma tarefa diferente para Mia: ir a Dallas fingir ser irmã do jovem magnata e caubói Max. Mia sabe que sua contratação tem a ver com os negócios de Max, mas nunca poderia imaginar o que está prestes a acontecer.

Resenha:

Esse volume é satisfatório, porem previsível, desde o inicio fica claro para onde a trama caminhar.

Aqui Mia e contratada para ir a Dallas, fingir que é a irmã perdida de um Caubói magnata do petróleo. No testamento do pai do garoto o nome e a data de nascimento de Mia são citadas.

Max é um homem protetor, carinhoso e de certo ponto carente. Ele é casado com uma linda mulher, tem uma filha e o próximo está a caminho. Seu pais morreu a pouco tempo, deixando para ele e para sua irmã uma fortuna em ações e bens, surpreendentemente dividido quase que meio a meio, a pesar da garota não ser filha dele e nem ter tido nenhum tipo de contato com ele ao longo dos anos.

Em alguns pontos Mia se torna inconveniente e pedante, principalmente para alguém que foi contratada para desempenhar um papel. Esse é um traço irritante da personagem, ela confunde o trabalho com a vida pessoal, achando que pode falar com o seu contratante da forma que melhor lhe convier no momento. O trecho que ela fala com a mulher grávida de Max, me causou revolta, até porquê ela só estava querendo ajudar.

A irmã de Mia e o cunhado são outro que foram desnecessários nesse volume, e mesmo assim se fizeram presentes. A forma com a irmã mais nova lidou tão bem com as revelações feitas foi no minimo fantasiosa.

Além é claro do desprendimento de Max em relação a bilhões de dólares que poderiam ser de seus filhos, mas que ele não vacilou um momento em dividir. Ah quando Mia fala em deixar tudo para a irmã, tipo o dinheiro já é meu e eu vou dá essa bagatela para a minha irmã e o marido, fala sério né? Ela não tem nada dela, além de um monte de divida é mesmo assim quer doar o dinheiro que nem merecia ter recebido.

Enfim, esse foi o pior volume até agora. Em pensar que a autora ainda escreveu 4 volumes depois desse. Vamos ver o que vem pela frente né? Afinal já chegamos até aqui.

Bjos!

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s