Filme: La La Land

La La Land

la-la-land-cover

Ficha Técnica

  • Titulo Original: La La Land- Cantando Estações
  • Lançamento: 2017
  • Duração: 128 min
  • Gênero: Drama/ Comédia
  • Dirigido por: Damien Chazelle
  • Elenco: Amiée Conn, Emma Stone, Ryan Gosling, Terry Walters

Sinopse:

Com roteiro e direção do indicado ao Oscar Damien Chazelle, La La Land retrata a história de Mia (Emma Stone), uma aspirante a atriz, e Sebastian (Ryan Gosling), um talentoso músico de jazz que está se dedicando a carreira e se encontram em uma cidade conhecida por destruir esperanças e quebrar os corações. Ambientado na moderna Los Angeles, este musical original sobre o cotidiano explora a graça e a dor de perseguir os seus sonhos

Resenha:

urppvypad3vm6surqxknbcfv9ci

Esse é um daqueles filmes que são perfeitos do inicio ao fim. E olha que eu não gosto de musicais, mas esse me conquistou, seja pela mensagem ou pela delicadeza com que os atores atuaram.

Logo de cara, o diretor optou por uma cena grandiosa, em que diversas pessoas saem de seus carros, no meio de um engarrafamento, para cantarem e dançarem. Ficou claro que a pesar do estresse do dia a dia, cada uma daquelas pessoas, tinha um sonho e  que estavam lutando para realiza-lo.

No filme temos dois personagens principais: Mia, uma garota que largou sua família, amigos, cidade, para vir tentar o realizar o seu sonho de ser uma atriz, mas enquanto isso se encontra dividindo o apartamento com mais 3 moças e trabalhando como garçonete para pagar as contas.

ek6hpzj3answ0ss1wo11ztyk86f

O outro é Sebastian, homem decidido, que tem o sonho de abrir um clube de jazz clássico, para assim permitir que as novas gerações tenham a oportunidade de se apaixonar por esse ritmo tão contagiante. Ele trabalha como pianista, em clubes e restaurantes, onde tem que se ater a executar sempre as mesmas músicas monótonas, deixando de lado toda a sua criatividade e talento.

Já é de se esperar que a trilha sonora do filme seja incrível né? Mas não pode-se deixar de dar parabéns para o figurino e a fotografia do filme, ambos excelentes.

O relacionamento dos protagonistas vai sendo traçado a partir da dança e da música, apesar deles falarem ou tentarem se convencer que não tem nada ( no inicio), fica claro que os dois se complementam, com a sincronia em que executam cada movimento.

388664-jpg-c_320_213_x-f_jpg-q_x-xxyxx

Além de tudo, o filme deixa claro a ideia de que o mundo e as pessoas que te cercam, vão tentar te convencer que você não vai dar certo, que as coisas não vão acontecer para você, que mesmo que você insista, você não é suficiente. Mas aqui está a beleza. Ao ver que os protagonista ousaram acreditar, agiram como loucos, se sacrificaram, mas no fim alcançaram o seus objetivos, mesmo tendo perdido coisas pelo caminho.

O que importa são as escolhas que fazemos, o caminho que decidimos tomar é o que nos molda.

Bjos!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s