Filme: Alice Através do Espelho

Alice Através do Espelho

thumb

Ficha Técnica

  • Titulo Original: Alice Through the Looking Glass
  • Lançamento: 2016
  • Duração: 113 min
  • Gênero: Aventura
  • Dirigido por: James Bobin
  • Elenco: Johnny Depp, Anne Hathaway, Helena Bonham Carter, Alan Rickman

Sinopse:

Alice-Através-do-Espelho-e-sua-Relação-com-a-Moda-2

Alice Kingsleigh (Wasikowska) passou os últimos anos seguindo os passos de seu pai e navegando os oceanos. No seu retorno a Londres, ela se depara com um espelho mágico e retorna ao fantástico Mundo Subterrâneo e seus amigos o Coelho Branco (Sheen), a lagarta Absolem (Rickman), O Gato Risonho (Fry) e o Chapeleiro Maluco (Depp), que não é ele mesmo. O Chapeleiro perdeu sua “Muiteza”, então Mirana (Hathaway) envia Alice em uma jornada para pegar emprestada a Cronosfera, um globo metálico que fica dentro da câmara do Grande Relógio que controla todo o tempo. Retornando ao passado, ela reencontra amigos – e inimigos – em momentos diferentes de suas vidas, e embarca em uma perigosa corrida para salvar o Chapeleiro antes que o tempo se acabe.

Resenha:

Filme que dar sequência a Alice no País das Maravilhas. Após a mudança na direção, o roteiro se tornou mais enxuto, diria até mais lógico para o telespectador.

helena-bohan-carter-rainha-copas-922x620

A história é relativamente mais simples, sendo o seu ponto forte a reconstrução de duas famílias que foram separadas a partir de um evento traumático que teve inicio na infância das rainhas branca e vermelha. Tudo descambou após uma pequena mentira que foi contada pela rainha branca, sem que essa tivesse noção das consequências nefastas que adviriam daquele ato.

O Chapeleiro Maluco fica doente após encontrar o primeiro chapéu que fabricou, antes de romper com seu pai e sair de casa. Nunca mais vindo a encontra-lo, pensou por muito tempo que sua família estivesse morta e a dor de nunca ter pedido perdão ao pai o corroeu, ele perdeu a cor, a alegria de viver, deixando seus amigos preocupados.

Parte-13

Coube a Alice a missão de voltar no tempo, para assim descobrir o que realmente aconteceu. Ela acaba descobrindo mais do que esperava, presenciando alguns eventos como: a coroação da rainha vermelha; a perda do trono; o acidente que deixou a rainha vermelha com uma cabeça tão avantajada; as brigas do chapeleiro e seu pai… São vários conflitos psicológicos, porém nenhum chega de fato a ser explorado afundo.

Alice ainda tem que conviver com a perda do pai, as brigas com a mãe, a eminencia da perda de seu navio para assim manter a hipoteca de sua casa. É claro que lutar contra o machismo da época em que estar inserida, onde as mulheres são vistas apenas como adornos do marido e da casa, sem que tenham de fato voz ou valor enquanto profissionais ou mesmo pessoa.

Johnny Depp é a sensação do filme, como seus trejeitos e seus diálogos perspicazes. Todas as tiradas de humor advém desse personagem carismático. torna-se quase impossível não se compadecer da dor do chapeleiro, o desbotamento de suas cores nos causam tristeza, mais a força e o amor que faz parte da composição natural desse personagem se sobressai.

Por fim a redenção tão esperada, através do reconhecimento dos seus erros a rainha branca e perdoada e sua irma enfim tem a tão merecida paz. O chapeleiro tem seu desejo mais profundo satisfeito e tudo acaba bem. Fica é claro um gancho para uma próxima história, Alice novamente vai se aventurar em um mundo desconhecido cheio de mistério e aventura.

” Coisa importante a família e só temos uma”

Bjos!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s