Resenha: A Lista Negra-Jennifer Brown

12

Ficha Técnica: 

Título: A Lista Negra

Autor: Jennifer Brown

Editora: Gutenberg

Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance

ISBN: 9788565383110

Edição: 1º

Páginas: 272

Ano: 2012

Sinopse:

222

E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio.
Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas.

Resenha:

A lista negra é um livro muito tenso, porém apaixonante.

Valerie Leftman é uma garota tímida, que sofre bullying de várias pessoas na escola. Ela usa um caderno como forma de desabafo, onde escreve o nome de todas as pessoas ou situações que lhe magoaram.

Valerie namora um garoto tido como problemático (Nick Levil), porém Nick é super carinhoso e romântico com ela, os dois se entendem perfeitamente. Nick é inteligente, esforçado até certo ponto, apaixonado por literatura clássica.

Mas Nick também é um garoto sofrido, que vem de uma família desestruturada, sua mãe passou por vários casamentos e relacionamentos paralelos. Ele se sente excluído, pouco valorizado, de certa forma abandonado pela mãe.

Quando os dois passam a namorar, um vira o alicerce do outro, se apoiando e compartilhando tudo, ao menos era o que Val achava. Nick passa a escrever o nome das pessoas que o magoam no caderno de Val. Ele fala muito em suicídio e em assassinato, porém Val nunca levou a sério o que eles conversavam.

Um dia após sofrer um episódio desagradável no ônibus Val, busca apoio em Nick. Esse deixa claro que vai lhe defende-la, ela porém nunca imaginou até que ponto ele iria chegar.

Nick torna-se o atirador que matou e feriu várias pessoas em um massacre que ocorreu na cantina da sua escola no dia 02 de maio de 2008. Ele usou a lista de Val para escolher os alvos. Chegou mesmo a feri-lá quando ela tentou desesperadamente impedir que ele continuasse a feriar seus colegas de turma. Logo após ele comete suicídio.

Val sobrevive e tem que lidar com a investigação policial, que a cita como suspeita. Além é claro da imprensa, sua família, colegas da escola, professores, familiares das vítimas e a sociedade como um todo.

Seu relacionamento com seus pais torna-se ainda pior do que já era, eles não conseguem ver que ela era a maior vítima de toda aquela situação. Só a acusam, dizem que não acreditam nela, que não vão perdoar o que ela fez e que mesmo depois que foi inocentada, para eles ela continua sendo responsável por tudo o que aconteceu.

Val sente que todos a odeiam, ela está sozinha, seu melhor amigo e namorado, agora é tido por todos como um monstro. Ela ainda o ama, mas não consegue processar o que aconteceu. como Nick podia ser uma garoto tão bom e ao mesmo tempo mal o suficiente para fazer o que fez?

Val salvou uma garota que lhe maltratava, esse se torna sua amiga. A mudança da garota é evidente. Será que ela já era boa? Val se pergunta como não conseguia enxergar que todos somos bons e ruins. Que podemos fazer coisas grandiosas, para o bem e para o mal.

O pai de Val é um caso a parte, ele chega a ser agressivo e desumano com ela, lhe falando coisas horríveis. Sua mãe também sempre a acusa, por fim até seu irmão se volta contra ela.

Seus amigos se afastam, não lhe dando qualquer chance de se explicar. Os inimigos demonstram mais compaixão.

Parece que todos esqueceram o motivo pelo qual tudo aconteceu. Ela e Nick eram as vítimas. Eles foram torturados por anos. Até chegar a um ponto de ruptura para Nick. Infelizmente Val foi arrastada junto. Mas elas não fez nada além de escrever nomes em um caderno, sem nenhum intuito de fazer nada com eles, nenhuma vingança ou retaliação. Ela foi apenas usada.

Porém Val se transformou em um monstro para todos, até ela passou a acreditar que tinha culpa. Foi longo o processo de cura, mesmo assim o trabalho não foi concluído, o livro deixou isso em aberto.

Fiquei muito emocionada com essa leitura, as últimas 100 páginas me fizeram chorar compulsivamente. Esse livro com certeza entrou para a lista dos meus queridinhos da vida.

Espero que vocês se encantem com a leitura do livro, como eu me encantei.

Bjos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s