Resenha: Terra dos Sonhos- Alyson Noel

 

11

Ficha Técnica: 

Título: Terra dos Sonhos

Série: Riley Bloom

Autor: Alyson Noel

Editora: intrínseca

Gênero: Literatura Brasileira-Ficçao Cientifica

ISBN: 9788580571462

Edição: 1º

Páginas: 208

Ano: 2012

Sinopse:

Em Terra dos Sonhos, Riley entra de férias, mas não sabe o que fazer com tanto tempo livre – ela não tem amigos, nem aonde ir. Ela então decide correr atrás de seu grande desejo: completar 13 anos. Para isso, vai até o local onde os sonhos acontecem, para pedir conselhos à sua irmã, Ever, que está no plano terreno.
Lá ela conta com a ajuda do diretor, que lhe explica como saltar dentro dos sonhos. Impaciente em contactar sua irmã, Riley não aguenta esperar pela aprovação do diretor e decide ir sozinha em busca de seu objetivo. O que ela não poderia imaginar é que sua trajetória acabaria se transformando em um pesadelo.

Resenha:

Esse é o terceiro livro da série Riley Bloom, conta a trajetória da protagonista após desobedecer o seu guia, é assumir um novo trabalho de apanhadora de alma, sem o consentimento do conselho. Riley conseguiu convencer todas aquelas almas a atravessarem a ponte, é  acabou adquirindo um novo tom de verde em seu brilho (espécie de aura), avançando para o nível 1.5.

Ela e o seu guia, são chamados diante o conselho, para responder pelos seus atos imprudentes, que colocaram a ela e a Bodhi em perigo. E adivinhem só, ela não foi punida, nada aconteceu, não perdeu o brilho, não foi repreendida, nadinha… Recebeu um elogio velado, em que falaram que iriam lhe arrumar novos desafios e além de tudo ela ganhou um prolongamento de suas férias, que diga-se de passagem já estava durando quase um ano.

Qualquer pessoa normal após escapar de uma punição eminente se comportaria né? Mas não a Riley, ela continua insensata, impulsiva, um verdadeiro pé-no-saco.E como não poderia deixar de ser, se mete em uma nova confusão, arrastando todos os que estão a sua volta ( tentativa de salva-la e impedi-la de cometer seus erros gritantes), onde ela novamente faz algo proibido, porque a personagem é simplesmente incapaz de aprender com os próprios erros.

Em um trecho do livro, Mort  personagem que fala para Riley sobre a existência da terra dos sonhos, mantém um dialogo com ela, em que diz que tem pessoa que simplesmente não aprendem com os avisos que são dados, nem com a experiência alheia, precisando cometer os próprios erros, para assim assimilar  a lição. Acredito que essa foi uma tentativa da autora de justificar sua protagonista.

Riley vai com Mort a Dreamland ( terra dos sonhos), onde pretende enviar uma mensagem a sua irmã Ever, sendo que ela não sabe qual mensagem quer enviar e nem como fazer, apenas que é proibido tecer sonhos, que no passado isso causou um grande problema e foi então banido. Mas é claro que ela vai tentar, afinal de contas ela é super carente por atenção e essa é a única forma que consegue fazer com que os outros a notem.

Acabou que a visita se transformou em um verdadeiro pesadelo, seguido de uma tentativa frustada de fazer uma alma evoluir, sendo que não deu certo porque os motivos de Riley eram completamente egoístas. Ela por fim acabou por se comunicar com a irmã, que deu todos os conselhos comuns, que Riley já havia escutado de outros.

Bodhi evoluiu no período das férias, ganhado mais brilho e avançando na idade de 14 para 15 anos, enquanto Riley que tanto desejava fazer 13 anos, continuou com seus 12 anos e perdeu grande parte do seu brilho. Finalmente sendo punida por sua imprudência e egoismo exacerbado.

O fantasma com a assunto inacabado foi de longe o personagem mais interessante, o que já vem acontecendo desde os primeiros livros. Infelizmente esse não teve o seu desfecho feliz, espero que a sua situação volte a ser abordada e que ele consiga transcender no futuro.

O que achei mais interessante foram os conselhos dados  a personagem principal, durante todo o livro ela foi alertada de uma forma muito mais direta e seca. Apesar de entender o que estava sendo dito, ela não conseguiu controlar seu temperamento, sucumbindo a suas emoções, mostrando que saber o que é certo e faze-lo, são coisas muito diferentes.

Bodhi, pela primeira vez assumiu o papel de guia, responsável pelo aprendizado de Riley, o que muito me agradou. A autora, iniciou um período de transição dos personagens, transformando a personalidade dos mesmos, tornando eles mais maduros e agradáveis ao leitor.

Esse foi o melhor livro da série até agora, estou realmente curiosa em saber o que vai acontecer no próximo. Logo, logo, venho aqui contar.

Bjos!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s