Resenha-As Filhas da Princesa- Jean P. Sasson

3

Ficha Técnica: 

Título: As filhas da Princesa

Autor: Jean P. Sasson

Editora: Bestseller Editora

ISBN: 8571238863

Gênero: Biografias, Diarios, Memorias & Correspondencias

Páginas240

Edição: 1º

Ano: 2004

Sinopse: 

História dolorosamente verídica, este romance traz nomes trocados e pequenas alterações em alguns acontecimentos. Dessa forma, Jean Sasson tenta disfarçar a verdadeira identidade de Sultana, esposa do herdeiro do trono da Arábia Saudita, e protegê-la da vingança daqueles que a cercam. Anos atrás a princesa Sultana já lhe dera um longo depoimento, no qual relatou sua trajetória, da infância até a Guerra do Golfo, em 1991. Publicado em 1992, “Princesa – A História Real da Vida das Árabes Por Trás de seus Negros Véus”, revelou ao Ocidente a dramática situação das mulheres do Oriente Médio e alcançou estrondoso sucesso mundial. Neste novo livro Sultana descreve as desesperadas reações de suas filhas adolescentes Maha e Amani. Sufocadas por um ambiente hostil e restritivo, sem nenhuma perspectiva de vida e agredidas pela eterna convivência com a crueldade e os sofrimentos infligidos às mulheres, elas tornam-se frágeis e inseguras, presas fáceis de fanáticos religiosos e políticos. Transitando em cenários exóticos e opulentos, vivendo em um mundo de inacreditável ostentação, Sultana enfrenta o desafio de libertar as garotas daqueles que as manipulam e luta para que elas possam ter aquilo que ela própria não recebeu – segurança, respeito e dignidade – e para dar-lhes a possibilidade de sonhar com um futuro e construí-lo

Resenha:

No segundo livro da trilogia, Sultana dá continuidade a sua história, nos traz relatos do período que vai do início do seu casamento até o momento em que surgem conflitos com seus filhos adolescentes.

O inicio do casamento da princesa, mostrou-se muito melhor do que ela podia imaginar. Pois casara-se com um bom homem, teve três filhos lindos e saudáveis, sendo duas meninas e um menino.

A princesa acabou por ter um  pouco de problema com sua sogra, que era versada em magia negra e estava ensinando essa pratica proibida para sua filha Maha. Mas ao tomar conhecimento o seu marido cortou a influencia da avó sobre a neta, mantendo essa a salvo dos fanáticos religiosos que a apedrejariam se descobri-sem.

Após alguns anos, Sultana se depara com o trágico diagnostico de um câncer, tem portanto que se submeter a retirada de um sei e passar por posterior reconstrução do mesmo. Nesse período em decorrência da doença ela acaba por ficar estéril, não podendo mais gerar filhos para o seu marido. No mundo árabe, mesmo as princesas tem que ter vários filhos, quanto mais numerosa a família, mas abençoada aos olhos de terceiros ela é.

Seu marido, que vem então participando de sessões de orgias, que alguns príncipes proporcionavam, passa então a cogitar a possibilidade de tomar uma nova esposa, que lhe dê mais filhos. Sultana se desespera com tal possibilita, nunca ela admitiria que lhe fosse infligida tamanha vergonha. Toma então uma atitude desesperada, pega seus filhos e foge para Europa, passa a viver escondida por mais de um ano, seu marido a persegue, mas nunca a encontra. Diante da tristeza e arrependimento dele, ela decide voltar, mas sobre algumas condições ( abrir uma conta em nome de cada um dos filhos, onde seriam depositados alguns milhões para o uso desses; seus passaportes ficariam com eles, para o caso de precisarem fugir novamente ” as mulheres árabes não ficam com sua documentação em mãos, essas ficam com os homens da família”, Sultana receberia um documento em que o marido deixaria claro que não moraria uma nova mulher e se o fizer-se, ela teria direito ao divorcio, guarda dos filhos e uma generosa pensão).

Depois desse episodio, seu marido voltou a ser o homem bom e gentil que era, mas ela nunca esqueceu tal período, seu amor sofreu um choque terrível.

Seus filhos agora são adolescentes, todos amados de igual maneira. As meninas sofrem diante da comprovação da péssima situação das mulheres e da falta de perspectiva dessas, alem das terríveis restrições impostas pela religião. Elas se rebelam, cada uma a sua maneira. Maha se envolve com mais companhias e passar a ter praticas homossexuais (crime punido com a morte), além de ficar extremamente depressiva, precisando ser internada em um sanatório, de onde volta restabelecida. Já Amani torna-se uma fanática religiosa, reprendendo sua mãe e irmã por qualquer ato fora do permitido pelo Alcorão, passa então a ser uma vigia e delatora de sua própria família.

Apesar de estar em uma situação complicada com ambas as filhas, Sultana tem mais problema em aceitar Amani, que acabou por ir na direção oposta de tudo o que sua mãe acredita e defende. Além do fato da garota ser absurdamente mimada e irritante, sempre quer as coisas do seu jeito e tem brigas terríveis em defesa de qualquer animal que esteja sendo maltratado, enquanto quase chega a apoiar as atrocidades cometidas contras as mulheres, sobre a justificativa que é o que o profeta queria e achava certo.

O livro chega ao fim com Sultana chegando a um ponto de equilíbrio entre ambas as situações. Maha voltou a ser a garota doce e gentil, não dando mais nenhum problema a mãe. Já Amani, passou a ser tolerada em seu fanatismo, enquanto a princesa tenta fazer com que a filha perceba que tudo não é tão preto e branco.

Eu achei esse o melhor livro da série, a leitura flui facilmente, é super agradável, bem escrito, cheio de informações extras sobre o mundo árabe, Sultana continua sua luta em defesa das mulheres, assim como sua eterna turra com seu irmão Ali, chega a ser divertido o impasse dos dois.

Super recomento à leitura.

Bjos!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s