O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

  • Le fabuleux destin dAmélíe Poulain
  • País: França
  • Ano de Produção: 2001
  • Duração: 122 minutos
  • Gênero: Comédia romântica

Nem só de filmes hollywoodianos vive o mundo cinematográfico, embora sejam os mais conhecidos e rentáveis, com bilheterias bilionárias. A não ser que você seja um frequentador de mostras de cinema, a opinião geral é que o cinema francês é chato, cansativo e difícil de entender.

Se você é pensa assim, tenho uma sugestão que talvez te faça repensar essa ideia e te faça ver filmes fora dos circuitos dos cinemas e grandes estreias.

O filme começa com o narrador nos contando eventos mínimos, aleatórios e simultâneos à fecundação que originará Amélie Poulain. Em seguida, conta como é sua infância e, após traçar todo esse perfil, mostra-a crescida, saindo de casa para morar no bairro Montmartre (famoso pela animada vida noturna e por ter se tornado ponto de encontro de artistas e intelectuais) e trabalhar de garçonete no café “Les 2 Moulins” (que se transformou em atração para fãs do filme que vão lá tomar algo e ver o gnomo do filme que permanece lá).

Todos os personagens nos são apresentados mostrando do que gostam desgostam, o que é importante para se traçar seus perfis já que a história valoriza os detalhes e, também, nos faz ter certa empatia com eles. Os pequenos prazeres da vida são destacados, especialmente por Amélie, que adora, por exemplo, enfiar a mão num saco de cereais.

O isolamento da protagonista fica para trás, quando em uma noite ela descobre em seu apartamento, uma caixa de brinquedo escondido, e resolve procurar o dono e devolver o pertence.

Este fato é a virada do filme e da personagem, pois, ela decide com aquela ação em devolver o objeto, de sair de si mesma e passar a ser um diferencial nas vidas das outras pessoas.

A saída de si lhe revela um novo mundo que é o contato com o outro, e com esta atitude, Amélie fica mais exposta aos acontecimentos. Ela apronta muito com seu pai, seus vizinhos e até mesmo com desconhecidos. Dessa forma, ela consegue fazê-los repensar seus comportamentos e o rumo que estão dando para suas vidas um tanto quanto medíocres.

Por ser uma comédia romântica, em suas andanças pelas ruas de Paris, ela encontra um rapaz por quem se interessa e passa a viver uma paixão platônica e, ao mesmo tempo, muito misteriosa. O rapaz é tão singular estranho quanto ela. Amélie se vale de disfarces e enigmas para fazer com que ele se apaixone por ela. Nesse momento, se depara com seus próprios problemas e limitações, e se vê no dilema entre enfrentá-los ou se isolar no seu mundo particular.

Uma história imperdível, que vai te trazer uma vontade incontrolável de viver uma vida mais alegre.

Quanto à fotografia do filme, posso dizer que é sedutora e ouso dizer magnífica. Como se pode perceber as cenas são cotidianas, todavia, há a fantasia nos detalhes: de iluminação, em cenas como a do coração de Amélie visível e disparando, da cópia da chave em seu bolso como se tivéssemos visão de raio-x, dos casais tendo orgasmos simultaneamente, na escolha de cores predominantemente contrastantes. O verde, o vermelho e o amarelo sempre presentes nas cenas, harmonizando e disputando a atenção dos espectadores. Curiosamente, essa escolha de cores foi inspirada no trabalho do artista plástico brasileiro Juarez Machado.

A trilha sonora remete bem aos ares franceses, ora animadas, ora tranquilas, ora soando quase como canções de ninar. Yann Tiersen, compositor francês, recebeu renome internacional após desenvolver a trilha sonora do filme. As músicas são contagiosas e resgatam muito das últimas décadas do século XX na França, que é o cenário histórico-temporal no qual se passa o longa.

A obra fílmica retrata sobre a vida cotidiana, por isto as pessoas identificam-se com o filme, destaca principalmente a relação de afeto, inclusive contrapondo com questões atuais que o sistema capitalista nos apresenta em nosso cotidiano.

O filme nos questiona sobre as nossas relações mais corriqueiras, como conhecer e ter relação com os nossos vizinhos.

ma das características da personagem e que na relação que vai se construído que fazer o bem para as pessoas faz bem a ela mesma.

Desta forma, existe uma riqueza da vida, um jeito de achar a felicidade.

CURIOSIDADES

Um roteiro de memórias

O roteirista, e diretor, Jean-Pierre Jeunet começou a selecionar dados e memórias, que compuseram o roteiro do longa, em 1974.

 Atriz cotada

A personagem Amélie foi criada para a atriz Emily Watson, que, inclusive, gravaria algumas cenas na Inglaterra. Durante a produção, a atriz preferiu deixar o projeto.

“Les 2 Moulins”

Algumas cenas do filme foram realizadas em locações reais. O lugar onde Amélie trabalha é uma cafeteria chamada “Les 2 Moulins”, que fica localizada na Rua Lepic, em Montmartre, Paris. Os fãs do longa costumam entrar no estabelecimento para tomar um café e conhecer o gnomo do filme, que foi mantido no local.

PRÊMIOS

OSCAR
2002
Indicações
Melhor Filme Estrangeiro
Melhor Direção de Arte
Melhor Fotografia
Melhor Roteiro Original
Melhor Som

GLOBO DE OURO
2002
Indicação
Melhor Filme Estrangeiro

BAFTA

2002
Ganhou
Melhor Roteiro Original
Melhor Cenografia

Indicações
Melhor Filme
Melhor Diretor – Jean-Pierre Jeunet
Melhor Atriz – Audrey Tautou
Melhor Filme Estrangeiro
Melhor Fotografia
Melhor Trilha Sonora
Melhor Edição

CÉSAR
2002
Ganhou
Melhor Filme
Melhor Diretor – Jean-Pierre Jeunet
Melhor Trilha Sonora
Melhor Cenografia

Indicações
Melhor Atriz – Audrey Tautou
Melhor Ator Coadjuvante – Rufus
Melhor Ator Coadjuvante – Jamel Debbouze
Melhor Atriz Coadjuvante – Isabelle Nanty
Melhor Fotografia
Melhor Figurino
Melhor Roteiro
Melhor Som
Melhor Edição

FESTIVAL DE TORONTO
2002
Ganhou
Prêmio do Público

FESTIVAL DE EDIMBURGO
2002
Ganhou
Prêmio da Audiência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s